Página Inicial Acesso ao Portal do Acesso à Informação Clique para acessar o FaceBook Clique para acessar o Twitter
Serviço Social
Apresentação
Atividades Assistenciais
Ensino & Pesquisa
Equipe Profissional
Contato
Casa de Apoio
Expansão HCPA

Pesquisa de Opinião
Encontrou o que procurava?

Atividades Assistenciais

OBJETIVO

Identificar os determinantes sociais no processo de saúde e doença, a fim de articular ações nos diferentes níveis de atenção à saúde que, possam efetivar os princípios do SUS e em especial o da Integralidade.  



PRINCIPAIS ATIVIDADES DO SERVIÇO SOCIAL

Descrição Geral:
 

  •  Planejar, organizar e intervir junto aos usuários internos e externos do Serviço Social do HCPA, identificando aspectos sociais, econômicos, culturais e familiares relacionados ao processo saúde/doença, buscando alternativas de enfrentamento individual e coletivo;

  • Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam de âmbito de atuação do Serviço Social visando à ampliação da participação da sociedade civil na Instituição;

  • Orientar indivíduos de diferentes segmentos sociais através de entrevista, buscando identificar recursos e fazer uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos;

  • Realizar pesquisas sobre a relação entre os recursos institucionais necessários e disponíveis, perfil dos usuários e demandas (reais e potenciais), objetivando identificar e estabelecer prioridades entre as demandas e contribuir para a reorganização dos recursos institucionais;

  • Participar nas Comissões e Comitês instituídos pela presidência da instituição visando garantir a reflexão sobre aspectos sociais relacionados a temáticas de relevância social (bioética, criança e adolescentes, humanização etc);

  • Realizar investigação de determinados segmentos de usuários (população de rua, idosos, pessoas com deficiências, entre outros), através de análise dos registros dos profissionais e dados institucionais objetivando a definição dos recursos, identificação e mobilização dos recursos existentes e planejamento de rotinas e ações necessárias;

    • Participar de investigações que estabeleçam relações entre as condições de trabalho e o favorecimento de determinadas patologias, através da inserção nos grupos de trabalho interdisciplinares do Serviço de Medicina Ocupacional, visando oferecer elementos para a análise da relação saúde e trabalho;

    • Supervisionar diretamente estagiários de serviço social e estabelecer articulação com as unidades acadêmicas visando a qualidade da formação profissional;

    • Participar ativamente dos programas de residência, desenvolvendo ações de preceptoria, coordenação, assessoria ou tutoria, contribuindo para qualificação profissional da equipe de saúde e dos assistentes sociais, em particular;

    • Garantir a educação permanente da equipe de serviço social na instituição, bem como participar dos seus fóruns, objetivando a atualização das competências do assistente social;

    • Participar de cursos, congressos, seminários, encontros de pesquisas, objetivando apresentar estudos e pesquisas realizadas e troca de informações entre os diversos trabalhadores da saúde; 

    • Prestar orientações (individuais e coletivas) e /ou encaminhamentos quanto aos direitos sociais da população usuária, no sentido de democratizar as informações; 

    • Identificar a situação socioeconômica (habitacional, trabalhista e previdenciária) e familiar dos usuários através de entrevistas, com vistas à construção do perfil socioeconômico para possibilitar a formulação de estratégias de intervenção; 

    • Realizar abordagem individual e/ou grupal, tendo como objetivo trabalhar os determinantes sociais da saúde dos usuários, familiares e acompanhantes; 

    • Realizar visitas domiciliares quando houver necessidade de identificar as condições materiais de pacientes com diagnósticos e necessidades complexas e visitas institucionais com objetivo de conhecer e mobilizar a rede de serviços no processo de viabilização dos direitos sociais;

    • Realizar a notificação, frente a uma situação constatada e/ou suspeita de violência as autoridades competentes bem como a verificação das providências cabíveis;

    • Realizar grupos com as famílias no sentido de fortalecer seus vínculos, na perspectiva de torná-las sujeitos do processo de promoção, proteção, prevenção e recuperação da saúde;

    • Criar protocolos e rotina de ação (POP - Procedimento Operacional Padrão) que possibilitem a organização, normatização e sistematização do cotidiano do trabalho profissional;

    • Registrar os atendimentos sociais no prontuário único com objetivo de formular estratégias de intervenção profissional e subsidiar a equipe de saúde quanto às informações sociais dos usuários;

    • Planejar, executar e avaliar com a equipe de saúde, através de reuniões e entrevistas conjuntas, ações que assegurem a saúde enquanto direito e a participação dos usuários e /ou sua família no tratamento de saúde proposto;

    • Acompanhamento familiar.



 ÁREAS DE INTERVENÇÃO
 

  • Ambulatório Geral
  • Ambulatório de Esquizofrenia
  • Ambulatório de Transtorno de Identidade de Gênero
  • Programa de Transplante Hepático Adulto
  • Programa de Transplante Hepático Infantil
  • Programa de Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas
  • Programa de Transplante Cardíaco
  • Programa de Transplante Pulmonar
  • Programa de Transplante Renal
  • Programa de Implante Coclear
  • Programa de Aparelho auditivo
  • Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde
  • Programa de Prestação de Serviço à Comunidade
  • Programa de Fibrose Cística Infantil
  • Programa de AIDS Infantil
  • Programa de Proteção à Criança
  • Programa de Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes Hospitalizados
  • Centro de Atenção Psicossocial
  • UTI Pediátrica
  • CTI Adulto
  • Unidade de Internação Pediátrica
  • Unidade de Internação Obstétrica
  • Serviço de  Emergência
  • Serviço de Medicina Ocupacional –SMO
  • Serviço de Fisiatria
  • Serviço de Hemoterapia
  • Serviço de Oncologia Pediátrica
  • Unidades de Clínica Médica
  • Unidades de Clínica Cirúrgica
  • Unidade de Internação Psiquiátrica
  • Unidade de Internação Neonatal
  • Unidade de Adição da Unidade Álvaro Alvim
  • Casa de Apoio


  Grupos de Trabalhos
 
  • Colegiado do Serviço de Ambulatório

  • Colegiado do Serviço de Emergência

  • Colegiado do Serviço de Pediatria

  • Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes

  • Conselho Consultivo da Creche Vera Fabrício

  • Grupo de Trabalho da Humanização

  • Programa de Atenção aos Problemas de Bioética

  • Grupo de Trabalho do Plano de Alta



  Ensino 

Estágio Curricular
 
Mantém convênios com as Faculdades de Serviço Social da UFRGS, PUCRS, ULBRA, UNISINOS e IPA,  para  estágio curricular obrigatório e não obrigatório. 


Residência Integrada Multidisciplinar em Saúde - RIMS
 

Participa do processo de formação  dos residentes vinculados a RIMS e ao núcleo de saber do Serviço Social, nos Campos  do Adulto Crítico, da Saúde da Criança, da Comissão de Controle de Infecção e da Onco-Hematologia. Desenvolve atividades de docência, preceptoria de campo e núcleo, orientação de pesquisa, participação na COREMU e de gestão.