Clique para acessar o FaceBook Clique para acessar o Twitter
Acesso à Informação
Institucional
Ações e programas
Auditorias
Convênios
Despesas
Licitações e contratos
Servidores
Benefícios Pagos aos Servidores
Perguntas frequentes
Informações Classificadas
Sobre a lei de acesso
Serviço de informação ao cidadão - SIC
Expansão HCPA

Pesquisa de Opinião
Encontrou o que procurava?

Visitas

Para garantir a segurança dos pacientes internados, o Hospital de Clínicas utiliza crachás personalizados, com códigos de barras, para o acesso de visitantes e acompanhantes.

Visitantes recebem crachás que dão acesso ao andar em que o paciente está internado. O crachá libera a catraca para a entrada na instituição e deve ser entregue na saída.

Acompanhantes recebem um crachá que libera a catraca tanto para a entrada quanto para a saída na instituição durante todo o período de internação do paciente. Este crachá pode ser revezado entre diferentes pessoas, caso haja mais de um acompanhante. Ele deve ser devolvido no momento da alta do paciente.

O número de acompanhantes e visitantes que cada paciente pode receber varia conforme o local da internação. Veja as normas a seguir:


1) Unidades de internação

- Unidade de internação de adultos:
pacientes internados nestas unidades podem ter um acompanhante e um visitante. O crachá de acompanhante é entregue no momento da internação e pode ser revezado entre mais de uma pessoa. Este crachá libera as catracas para a entrada e saída no hospital e deve ser entregue no momento da alta do paciente. Já o crachá de visitante é entregue na Recepção para a pessoa que fará a visita, e é devolvido na saída, ao final da visita.

- Unidades de internação pediátrica (10º Norte, 10º Sul e 3º Leste): nestas unidades, as crianças internadas podem ser acompanhadas por um adulto. O assistente administrativo da área entregará a um familiar o crachá de acompanhante. Este crachá, que libera para a entrada e saída no hospital, pode ser revezado entre mais de uma pessoa, mas apenas uma pode ficar com o paciente a cada vez.

- Centro Obstétrico: as mulheres que realizam parto no Clínicas podem ser acompanhadas por duas pessoas. Uma terá um crachá de acompanhante, que será entregue na própria unidade, e que pode ser revezado por mais de uma pessoa. A outra terá acesso de visitante, e receberá um crachá após identificação na Recepção do hospital.


2) Áreas restritas

- Unidades Utip (Tratamento Intensivo Pediátrico) e Neonatologia: o acesso de um familiar é feito com um crachá de acompanhante, que fica com a família durante todo o período de internação. Outro familiar pode ter acesso à unidade com o crachá de visitante, entregue na Recepção, e que deve ser devolvido na saída do hospital. O horário de acesso para o visitante é das 15h às 16h na UTI Pediátrica e das 16h às 17h na Neonatologia.

- Unidade de Ambiente Protegido (5º Sul): nesta unidade, o paciente pode receber apenas uma pessoa de cada vez. Um crachá de acompanhante será entregue a um familiar pelo assistente administrativo. Visitantes podem ter acesso das14h às 16h, após identificação na Recepção Central. .

- Centro de Tratamento Intensivo (CTI): o horário de visitas no CTI é das 11h às 12h e das 20h às 21h e o acesso é feito com o crachá de acompanhante, entregue a um familiar pelo assistente administrativo, ou com um crachá de visitante, entregue na Recepção, após identificação. É permitida a visita de uma pessoa de cada vez, no horário indicado.

- Unidade de Cuidados Coronarianos:
O paciente pode receber duas pessoas nos horários de visita, das 15h às 15h30 e das 20 às 20h30. O acesso pode ser feito com o crachá de acompanhante, que é entregue pelo assistente administrativo, e com o de visitante, entregue na Recepção do hospital após a identificação.

- Bloco Cirúrgico, Centro Cirúrgico Ambulatorial e Hemodinâmica: dois acompanhantes podem aguardar na sala de espera, no dia da cirurgia ou procedimento.

- Sala de Recuperação Pós Anestésica (SRPA): visitas só são permitidas a pacientes que permanecerem na unidade durante à noite. A visita precisa ser autorizada pelo enfermeiro da unidade e a duração é de 15 minutos.

- Emergência:
Adultos internados no setor podem receber a visita de um familiar das 16h às 16h30 e das 20h às 20h30. O acesso é permitido com um adesivo em que há a identificação do familiar, do paciente que ele visitará e do grau de parentesco. Na visita da tarde, às 16h, o visitante recebe informações da equipe médica sobre o paciente.
Crianças têm direito a um acompanhante adulto durante todo o período de internação. O acesso é feito com um cartão laranja de acompanhante. Em alguns casos, idosos ou adultos em situações especiais, também podem ser acompanhadas por um familiar durante o período de internação, conforme avaliação da equipe de Enfermagem.


Situações especiais de acesso:
 

- Crianças só podem fazer visitas a pacientes no hospital em situações especiais. Nestes casos, há avaliação da equipe médica e de Enfermagem. 

-  A visita de padres, pastores e grupos de rezas é permitida desde que tenham sido chamados pelo paciente. 

-  Em algumas situações, conforme avaliação da equipe de saúde, o paciente pode receber mais de um visitante.