Clique para acessar o FaceBook Clique para acessar o Twitter
Acesso à Informação
Institucional
Ações e programas
Auditorias
Convênios
Despesas
Licitações e contratos
Servidores
Benefícios Pagos aos Servidores
Perguntas frequentes
Informações Classificadas
Sobre a lei de acesso
Serviço de informação ao cidadão - SIC
Expansão HCPA

Pesquisa de Opinião
Encontrou o que procurava?

Visitas

Para garantir a segurança dos pacientes internados, o Hospital de Clínicas utiliza crachás personalizados, com códigos de barras, para o acesso de visitantes e acompanhantes.

Visitantes recebem crachás que dão acesso ao andar em que o paciente está internado. O crachá libera a catraca para a entrada na instituição e deve ser entregue na saída.

Acompanhantes recebem um crachá que libera a catraca tanto para a entrada quanto para a saída na instituição durante todo o período de internação do paciente. Este crachá pode ser revezado entre diferentes pessoas, caso haja mais de um acompanhante. Ele deve ser devolvido no momento da alta do paciente.

O número de acompanhantes e visitantes que cada paciente pode receber varia conforme o local da internação. Veja as normas a seguir:


1) Unidades de internação

- Unidade de internação de adultos:
pacientes internados nestas unidades podem ter um acompanhante e um visitante. O crachá de acompanhante é entregue no momento da internação e pode ser revezado entre mais de uma pessoa. Este crachá libera as catracas para a entrada e saída no hospital e deve ser entregue no momento da alta do paciente. Já o crachá de visitante é entregue na Recepção para a pessoa que fará a visita, e é devolvido na saída, ao final da visita.

- Unidades de internação pediátrica (10º Norte, 10º Sul e 3º Leste): nestas unidades, as crianças internadas podem ser acompanhadas por um adulto. O assistente administrativo da área entregará a um familiar o crachá de acompanhante. Este crachá, que libera para a entrada e saída no hospital, pode ser revezado entre mais de uma pessoa, mas apenas uma pode ficar com o paciente a cada vez.

- Centro Obstétrico: as mulheres que realizam parto no Clínicas podem ser acompanhadas por duas pessoas. Uma terá um crachá de acompanhante, que será entregue na própria unidade, e que pode ser revezado por mais de uma pessoa. A outra terá acesso de visitante, e receberá um crachá após identificação na Recepção do hospital.


2) Áreas restritas

- Unidades Utip (Tratamento Intensivo Pediátrico) e Neonatologia: o acesso de um familiar é feito com um crachá de acompanhante, que fica com a família durante todo o período de internação. Outro familiar pode ter acesso à unidade com o crachá de visitante, entregue na Recepção, e que deve ser devolvido na saída do hospital. O horário de acesso para o visitante é das 15h às 16h na UTI Pediátrica e das 16h às 17h na Neonatologia.

- Unidade de Ambiente Protegido (5º Sul): nesta unidade, o paciente pode receber apenas uma pessoa de cada vez. Um crachá de acompanhante será entregue a um familiar pelo assistente administrativo. Visitantes podem ter acesso das14h às 16h, após identificação na Recepção Central. .

- Centro de Tratamento Intensivo (CTI): o horário de visitas no CTI é das 11h às 12h e das 20h às 21h e o acesso é feito com o crachá de acompanhante, entregue a um familiar pelo assistente administrativo, ou com um crachá de visitante, entregue na Recepção, após identificação. É permitida a visita de uma pessoa de cada vez, no horário indicado.

- Unidade de Cuidados Coronarianos:
O paciente pode receber duas pessoas nos horários de visita, das 15h às 15h30 e das 20 às 20h30. O acesso pode ser feito com o crachá de acompanhante, que é entregue pelo assistente administrativo, e com o de visitante, entregue na Recepção do hospital após a identificação.

- Bloco Cirúrgico, Centro Cirúrgico Ambulatorial e Hemodinâmica: dois acompanhantes podem aguardar na sala de espera, no dia da cirurgia ou procedimento.

- Sala de Recuperação Pós Anestésica (SRPA): visitas só são permitidas a pacientes que permanecerem na unidade durante à noite. A visita precisa ser autorizada pelo enfermeiro da unidade e a duração é de 15 minutos.

- Emergência:
Adultos internados no setor podem receber a visita de um familiar das 16h às 16h30 e das 20h às 20h30. O acesso é permitido com um adesivo em que há a identificação do familiar, do paciente que ele visitará e do grau de parentesco. Na visita da tarde, às 16h, o visitante recebe informações da equipe médica sobre o paciente.
Crianças têm direito a um acompanhante adulto durante todo o período de internação. O acesso é feito com um cartão laranja de acompanhante. Em alguns casos, idosos ou adultos em situações especiais, também podem ser acompanhadas por um familiar durante o período de internação, conforme avaliação da equipe de Enfermagem.


Situações especiais de acesso:
 

- Crianças só podem fazer visitas a pacientes no hospital em situações especiais. Nestes casos, há avaliação da equipe médica e de Enfermagem. 

-  A visita de padres, pastores e grupos de rezas é permitida desde que tenham sido chamados pelo paciente. 

-  Em algumas situações, conforme avaliação da equipe de saúde, o paciente pode receber mais de um visitante.

 
Acesso aos Resultados de Exames
Selo da Acreditação Internacional
Acesso ao Site da UFRGS Acesso ao Site da Faculdade de Medicina
Acesso ao Site da Escola de Enfermagem Acesso aos Periódicos CAPES
Acesso ao Portal da Fundação Médica RS Acesso ao Site da Revista HCPA
Acesso ao Programa de Residência no site da Fundação Médica RS Acesso ao Portal do EAD no HCPA
Acesso ao Portal da Transparência Pública Acesso ao Portal do Instituto Nacional de Genética Médica Populacional
Acesso ao Portal do Instituto de Avaliação de Tecnologia em Saúde Submissão de Projetos de Pesquisa
Acesso ao HotSite da Implantação do AGHU Acesso ao site do Projeto Melhores Práticas